segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

O preço do desespero

Sapatos , bolsas , cintos, roupas, esmaltes, brincos, perfumes . Nunca são o bastante quando  temos cartões de créditos com bons limites e prestações super acessíveis . A necessidade que temos de comprarmos é uma coisa realmente fora da realidade, e quando as vitrines conseguem realmente transmitirem algum tipo de comunicação anormal , visual e psicológica é quase impossível  irmos embora e deixarmos aquelas irresistíveis coisinhas lá , sozinhas , abandonadas .  Sapatos de formas cores e modelos diferentes e não
podemos ter só um caro e bonito queremos todos os caros e bonitos, todos , por mais que temos apenas um par de pés . O grande mundo globalizado e capitalista né? Aquele mundo que quem tem as melhores coisas as melhores roupas e os melhores sapatos são mais bem vistos , aquele mundo que obriga a sermos iguais aquelas capas de revistas porque ser magra ou magro, ter o melhor carro e a melhor roupa  porque visualmente pela sociedade nos faz sermos melhores , superiores . E quem tem muito pouco, quase nada? Vão ser mandados pra guilhotina? Porque não estão portando os tênis da adidas as bolsas luxuosas e caras ? e quando na escola que todo mundo tem aquilo , e algumas mães não podem dar pras crianças e adolescentes ,  frustrações que elas irão criar a vontade de ter e não poder , Já imaginou  já parou pra perceber? Já parou pra perceber o quanto somos fúteis e estamos presos nesse mundo, todos estamos eu  você , todos. Gastamos tudo o que temos e o que não temos pra acompanharmos o que as revistas , a mídia impõe mesmo que trabalhemos somente pra comprar o que não precisamos , queremos acompanhar . Esquecemos todos os momentos que as pessoas ,aquelas lá da áfrica morrem todos os dias porque querem acompanhar o capitalismo , morrem porque querem ficar magrinhas e ai deixam de comer , ironia minha . Elas nem sabem o que é isso e morrem todos os dias com fome  porque não tem o que comer , elas não estão revirando o lixo querendo a bolsa do momento , reviram o lixo  procurando o alimento , elas não querem o tênis na Nike , elas tão felizes porque tem o chinelo feito de garrafa pet  . E quantas vezes queremos tanto as coisas que passamos por cima até dos nossos pais, brigamos e gritamos pra ganharmos aquelas coisas caras porque estamos tão preocupados só em ter , e esquecermos o ser , o ser humano .

Dicas de filmes sobre o assunto : os delírios de consumo de becky bloom , O diabo veste Prada .

3 comentários:

Bluzeiro disse...

É a sociedade de consumo, escravizando os tolos, inclusive eu !

Lucas disse...

inclusive eu² =/

Anônimo disse...

Acho que devemos realmente reaver os valores de nossas vidas, o que realmente esta sendo importante para nós se é algo realmente vital ou se podemos usar disso para ajudar ao proximo

Postar um comentário