sexta-feira, 10 de junho de 2011

'' Palavras de um morador de rua ''

Vivo por essas ruas frias , e já senti muitas vezes na pele o desprezo das pessoas que passam ao meu lado , algumas olham com um olhar de dó , as vezes recebo até chutes e zombarias,  outras passam a quilômetros de distancia achando que eu serei capaz de roubar ou algo do tipo, mas,  são poucas as que me oferecem alguma ajuda ou um simples sorriso , ou conversa , acho que elas sentem medo ,  tenho vontade de dizer pra elas , que não é só porque estou sujo significa que eu seja uma má pessoa , tenho vontade de ter uma família , sempre quando , estou em algum lugar movimentando costumo reparar nas pessoas  e percebo nelas  o quanto parece ser bom ser amado pelos amigos e pela família , acho que esse é um dos meus maiores sonhos .
   Não vivo aqui porque eu quero , as vezes na vida não temos opções , é difícil para as pessoas que tem tudo entenderem ,  vou dizer o que é difícil , é olhar para o lixo e ver o quanto as pessoas jogam alimento fora , sobram tanto para elas que elas que elas não querem mais , para nós não , não existe o sobrar , acho que o faltar é o verbo que se encaixa  melhor . Mas, eu levo comigo um sorriso todos os dias , e sempre passo á frente de uma igreja para agradecer ,  e pedir algum futuro melhor para mim , parece impossível , mas, sei que sonhar pelo menos é de graça , gosto de cantar , as pessoas me olham  e acham que eu sou um louco , louca são elas,  que tem tudo e ainda vivem mal-humoradas  , eu tenho apenas um papelão , alguns trapos que eu achei e um amigo , grande amigo , ele tem quatro patas , e é o único que me acompanha e não me abandona , sei que não tenho ninguém além dele , e o alimento que eu recebo sempre divido com ele , sei o que é sentir fome , e não é nada bom , nem um cachorro merece. Quando chove e não tenho onde ficar é o pior de tudo  também  as pessoas vivem me expulsando de onde dá para se proteger da chuva , mas eu abraço ele forte e tentamos nos aquecer , mas , o frio é de arrepiar , mas logo penso , que  amanha será um novo dia , e talvez eu acorde com um cobertor quente .uma xícara de chá  e alguém falando  ‘’ vamos para a casa? ‘’ ilusão minha  ,o amanhecer é mais frio que a noite , mas, eu não deixo de sorrir , desesperar e chorar  não vai mudar minha situação mesmo .  Gostaria de trabalhar , arrumar um família , me casar , mas ninguém quer namorar alguém mal vestido como eu , como vou ter condições para trabalhar se eu não tenho uma boa educação , nem ao menos ler e escrever, não existem oportunidades .Meu sonho um dia é ser presidente para poder um dia olhar pra essas pessoas e achar alguma solução para isso , enquanto isso , eu vou seguindo , um dia aqui , um outro ali , sem rumo, sem direção , mas, nunca, sem esperanças .
Texto: Bianca Dias

2 comentários:

Anônimo disse...

Mt bom em Biaa *--------------------*

Vanessa disse...

Que legal seu blog... Estou seguindo! Visita o meu tbm: http://blogsensibilidades.blogspot.com/ Beijos, Nessa.

Postar um comentário